Fidelio

17, 20, 21, 22 e 24 de Maio

ÓPERA EM DOIS ATOS E CATORZE CENAS (1805)
MÚSICA DE LUDWIG VAN BEETHOVEN
LIBRETO DE JOSEPH SONNLEITHNER
BASEADO NO FRANCÊS ORIGINAL
DE JEAN-NICOLAS BOUILLY, ADAPTADO A DOIS ATOS
POR STEPHAN VON BREUNING
E GEORG FRIEDRICH TREITSCHKE

O autor da Nona Sinfonia conseguiu completar uma sola ópera. Seu tema não podia ser outro que a luta pela liberdade, encarnada num prisioneiro cuja esposa deverá travestir-se e descer ao submundo do cativeiro para conseguir salvá-lo. O eminente diretor latinoamericano Francisco Rettig dirigirá ópera por primeira vez no Colón com este título emblemático do primer romanticismo alemão.

DIREÇÃO MUSICAL
Francisco Rettig

DIRECTOR DO CORO ESTÁVEL
Miguel Martínez

DIREÇÃO DE CENA
Eugenio Zanetti

DESENHO DE CENOGRAFIA E FIGURINO
Eugenio Zanetti

ENCENADOR E FIGURINISTA ASSOCIADO
Sebastián Sabas

DESENHO DE ILUMINAÇÃO
Eli Sirlin

ORQUESTRA ESTÁVEL
DO TEATRO COLÓN

CORO ESTÁVEL
DO TEATRO COLÓN

PRINCIPAIS INTÉRPRETES

FLORESTÁN
Zoran Todorovich
Enrique Folger *

LEONORA (FIDELIO)
Nadja Michael
Carla Filipcic Holm *

PIZARRO
Homero Pérez Miranda
Leonardo Estévez *

DON FERNANDO
Hernán Iturralde
Alejandro Meerapfel *

ROCCO
Manfred Hemm
Carlos Esquivel *

MARCELINA
Jaquelina Livieri
Carla Paz Andrade *

JAQUINO
Santiago Bürgi
Sergio Spina *

PRISIONEIRO 1°
Sebastián Angulegui
Leonardo Fontana **

PRISIONEIRO 2°
Juan Gonzalez Cueto
Fermin Prieto​ **

* Função de 21 de maio
** Funçoes de 21 e 24 de maio 

DATAS

Maio
17
-terça-feira-
20
-sexta-feira-
21
-sábado-
22
-domingo-
24
-terça-feira-