Balé Estável

 

O Balé Estável do Teatro Colón nasceu da inquietude que surgiu em Buenos Aires, no século XIX, de contar com artistas nacionais que saciaram a sede de Balé que a visita de companhias estrangeiras despertou nos habitantes. Foi em 1925 quando se concretizou o debut da companhia. Durante a segunda visita dos Balés Russes de Serguei Diaghilev em 1917, o mesmo Nijinski tería encorajado nesse sentido a Cirilo Grassi Díaz, um dos responsáveis do projeto junto com Carlos López Buchardo. O estilo do Balé do Colón ficaria deste então marcado pelo Balé moderno, representado por Mijail Fokin e seu entorno e por isso o primer diretor da companhia foi Adolf Bolm, formado no Mariinski de São Petersburgo e integrante dos Balés Russes. A primeira coreografia do Balé foi sua, no debut: O galo de ouro de Rimski-Korsakov. Nesta primeira etapa, formou-se a turma original de legendárias primeiras dançarinas: Dora del Grande, Blanca Zirmaya, Lida Martinoli, María Ruanova e Leticia de la Vega, desatando verdadeiras paixões do público para uma ou outra. Também notáveis diretores internacionais tiveram nas suas mãos a magnífica tarefa de dirigir os passos do elenco, começando por Bolm e continuando com Margarita Wallmann, Tamara Grigorieva, Bronislava Nijinska, Boris Romanoff, María Ruanova… Desde o começo, todos os grandes coreógrafos do mundo tem trabalhado com o Balé do Colón, montando suas obras ou criando novas para nossos dançarinos, desde Fokin e Nijinska, George Balanchine, Leonide Massine, Antonia Mercé, Tatiana Gsovsky, William Dollar, Serge Lifar, Anthony Tudor, até os mais próximos no tempo como Jack Carter, Rudolf Nureyev, Pierre Lacotte, Natalia Makarova. De seu seio surgiram e brilharam inúmeros artistas com carreira internacional: Olga Ferri, Esmeralda Agoglia, Antonio Truyol, Enrique Lommi, Vasil Tupin, Adela Adamova, Irina Borowska, Mercedes Serrano, Violeta Janeiro, José Zartmann, e atualmente: Paloma Herrera, Maximiliano Guerra, Julio Bocca, Iñaki Urlezaga, Marianela Nuñez, Herman Cornejo, Luis Ortigoza, e muitos outros. Entre ambas generações, surgiu a lembrança do incrível golpe que a companhia sofreu em 1971, quando nove de seus integrantes perderam a vida num acidente aéreo, entre eles,o inesquecível José Neglia, magistral Menino bruxo, Premio Nijinski 1962; e sua parceira de dança Norma Fontenla, de personalidade avassaladora. Aquele vazio motivou o surgimento da geração que os reemplazou e teve sucesso naquele desafío, originando à atual formação de dançarinos que integram o corpo estável.

Direção Artística
Mtra. Paloma Herrera

Mestres de Aulas
Vagran Ambartsoumian
Néstor Asaff
Martin Miranda

Mestres de Aulas Convidados
Philip Beamish
Aurora Bosch

Dançarinos Eméritos
Julio Bocca
Maximiliano Guerra

Primeira Dançarina
Karina Olmedo

Dançarines Solistas
Cecilia Mengelle
Silvina Perillo
Omar Urraspuro

Dançarinas

Adriana Alventosa   Marisol López Prieto
Luciana Barrirero   Cecilia Lucero
Myriam Barroso   María Rosa Magán
Laura Beccaceci   María Laura Matienzo
Natacha Bernabei   Norma Molina
Camila Bocca   Nadia Muzyca
Luana Brunetti Mattion   Natalia Pelayo
Eleonora Cassano   Emilia Peredo Aguirre
Paula Cassano   Amalia Pérez Alzueta
Viviana Cochella   Claudia Pereyra
Magdalena Cortes   Luisina Rodríguez
Mariana Crespo   Candela Rodríguez Echenique
Miriam Coelho   Manuela Rodríguez Echenique
Constanza Colombo   Angélica Rossetti
Patricia Demarchi   Daiana Ruiz
Maricel De Mitri   Ayelén Sánchez
Marta Desperés   Silvina Sánchez
Analía Domizzi   Natalia Saraceno
María Laura Domingo   Noemí Szleszynski
Iara Fassi   Silvina Vaccarelli
Macarena Gimenez   Carla Vincelli
Georgina Giovanonni   Victoria Wolf
Silvia Grün   Ludmila Galaverna *
Larisa Hominal   Oana Hutusoru *
Stephanie Kessel   Clara Sisti Ripoll *

 

Dançarinos

Emanuel Abruzzo   Igor Gopkalo
Ricardo Ale   Sergio Hochbaum
Vagram Ambartsoumian   Maximiliano Iglesias
Marcelo Antelo   Juan Pablo Ledo
Luis Alberto Arcajo   Adrián López
Néstor Asaff   Antonio Luppi
Dalmiro Astesiano   Facundo Luqui
Alejo Cano Maldonado   Williams Malpezzi
Tomas Carrillo   Franco Noriega
Marcelo Contreras   Alejandro Parente
Maximiliano Cuadra   Nahuel Prozzi
Rodrigo Cuadra   Leonardo Reale
Guido De Benedetti   Matías Santos
Matías De Santis   Leandro Tolosa
DaríoEstanga   Edgardo Trabalón
Emiliano Falcone   Igor Vallone
Federico Fernández   Martin Vedia
Martín Foronda   Jiva Velázquez
Julián Galván   Gerardo Wyss
Lucas Garcilazo de la Vega   Roberto Zarza

* Contratados

Mestres Assistentes e de Repertório
Sebastián Achenbach
Fernando Di Palma
Darío Mármol
Fabián Máximo
Joaquín Panisse
Mauro Luna

Mestre Interno de Aulas
Sergio D’Ambrosio

Mestre Assistente
Ignacio Padilla

Encarregada de Assuntos Internacionais
Dolores Gallichio

Coordenadora
Silvana Croce

Assistente de Coordenação
Patricia Motos

Assistente de Coordenação
Marina Mora

Cinesiologia
Lila Arnaudo
Federico Roldan